Desentupidora Na AVENIDA ARMADOR BUENO VEIGA 98776-7059 / 99739-5404

JALICO 16 DE JULHO DE 2019 BAIRROS A história da Penha é quase tão antiga quanto a da própria São Paulo. São mais de 350 anos de existência desde a fundação do bairro da zona leste paulista, sendo o segundo mais antigo, atrás apenas de Santo Amaro. De lá para cá, muito mudou, mas ainda é possível ver traços de seu passado nas ruas da região, principalmente nas igrejas centenárias. Foi com a religião, inclusive, que o bairro foi construído e muito de sua expansão também se deveu a isso. Até mesmo recentemente as casas de velas e itens religiosos ainda dominavam a área e era comum pessoas pagarem promessas pelo bairro. No entanto, a história da Penha passou por momentos sociais e políticos de relevância que transformaram o bairro. São situações que moldaram a região para que se tornasse o que é hoje: um bairro amado pelos seus moradores. Penha: conheça a trajetória deste bairro tradicional A construção de todo o bairro foi moldado através de um início bem religioso. A história da Penha começou em 1667, com a construção da igreja Nossa Senhora da Penha de França. A igreja foi erguida pelos padres Mateus e Jacinto Nunes Siqueira, depois de Mateus ter conseguido oficialmente a posse da terra da região. A cidade foi se desenvolvendo aos poucos ao redor da igreja, formando inicialmente um pequeno povoado na região. A própria igreja também cresceu, começando como capela e depois aumentando para acomodar todos os fiéis. Várias reformas também foram feitas para reforçar e modernizar a estrutura de forma que se mantivesse a igreja em pé até hoje. Além disso, o bairro também estava no trajeto entre Rio de Janeiro e o Vale do Paraíba. Este fato gerou um grande volume de viajantes que paravam na região para descansar antes de prosseguir. A localização às margens do Rio Tietê foi outro motivo do seu rápido desenvolvimento, já que o rio era usado para levar a produção agrícola. Por ser na época um bairro relativamente afastado do resto de São Paulo, a Penha funcionava quase como uma pequena cidade. Tanto que durante a revolução de 1924 o governador Carlos de Campos foi forçado a abandonar o palácio e escolheu a Penha para se estabelecer. Assim, a Penha foi, durante um mês, sede do governo estadual. A Penha chegou a pertencer a Guarulhos, no momento da inauguração da nova cidade, em 1880. A medida não agradou aos moradores, já que o bairro já estava bem estabelecido e conectado com o resto de São Paulo. A decisão foi puramente política e, depois de anos lutando, os moradores conseguiram reverter a situação para, em 1886, voltar a ser um bairro de São Paulo. No século 20, o bairro, até então focado em agricultura, passou por uma modernização. Várias indústrias foram construídas ao redor, o que levou a um novo aumento da população local e expansão da cidade. No mesmo século, surgiram outras estruturas que marcam o bairro atualmente, como o Cine Penha Theatro (ou Penha Príncipe), o Mercado Municipal da Penha e duas escolas públicas tradicionais, o Grupo Escolar Santos Dumont e a Escola Estadual Nossa Senhora da Penha. Desta forma, a Penha evoluiu e hoje tem um pouco de tudo, atendendo a todas as necessidades dos moradores sem precisarem sair do bairro. É neste tradicional e histórico bairro que fica o novo lançamento da Jalico, o Inova Penha. Para saber mais detalhes sobre esses e outros apartamentos novos e acessíveis, acesse o site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *