Como prevenir problemas na encanação

É normal que, ao longo de muitos anos, vez ou outra todas as pessoas tenham algum problema com a encanação, seja em sua própria residência ou no trabalho. Sendo assim, hoje, veremos algumas dicas e orientações sobre como se prevenir deste grande mal.

 

Por ser um assunto que nem todo mundo tem uma certa familiaridade ou simplesmente por não ser tão comum de ocorrer, muitos ignoram os possíveis meios de prevenir problemas com encanação e acabam sendo pegos de surpresa.

 

Infelizmente, nem todos compreendem ou, até mesmo, sabem da importância em fazer vistorias e limpezas preventivas nos elementos que compõem a rede hidráulica da sua residência. Mesmo que alguma coisa esteja em perfeito funcionamento, é necessário fazer prevenções.

 

Tal ação pode variar bastante, podendo ser realizada desde coisas simples como os canos até mesmo a bomba centrifuga, dependendo obviamente da facilidade que cada um tem e o acesso a sua rede hidráulica.

 

O próximo tópico abordará a importância de se realizar a prevenção dos seu sistema de encanamento e como isso pode acabar impactando o seu dia a dia de forma positiva e negativa. Continue a leitura e confira abaixo as orientações.

Qual o impacto de um encanamento ruim?

 

Primeiramente, antes de entender a gravidade e os impactos negativos de um encanamento ruim, é importante entender o que gera esse tipo de problema, podendo se estender a problemas relacionados à falta de limpeza de caixa d água ou outros obstáculos.

 

Pense que cada item que compõe a rede hidráulica de um lugar possui seu próprio período de manutenção, ou seja, é difícil dizer que o cano terá de ser trocado ou realizado uma prevenção com a mesma periodicidade que uma bomba d’água.

 

Porém, uma dica é começar pelo que é utilizado com maior frequência, começando assim então pelos ralos, pias e sifões de louças, retirando não só a sujeira, mas também o acúmulo de gorduras e outros restos de comida que acabam prejudicando o fluxo.

 

Tais problemas podem acontecer em qualquer lugar, desde uma empresa de consultoria contábil até mesmo sua residência ou a cozinha de um restaurante, sendo assim, é extremamente necessário manter uma atenção constante.

 

Entre os problemas mais comuns, podemos destacar:

  • Entupimento;
  • Vazamento de água;
  • Falta de troca de equipamento;
  • Obstruções por mau uso;
  • Danos por reformas mal confeccionadas.

 

Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais a manutenção preventiva é importante, evitando possíveis dores de cabeça a todas as pessoas que habitam ou ficam com bastante frequência no local, além de, obviamente, economizar bastante com equipamento.

 

E tais problemas, normalmente, acontecem de forma natural ou por falta de atenção da pessoa que está realizando a manutenção. 

 

Assim sendo, garantir a prevenção é a forma mais eficaz de evitar esses empecilhos, podendo ser necessário um desenho e melhoria de processos para arrumar toda encanação em situações mais graves.

 

Dentre os problemas acima citados, vamos aprofundá-los um pouco para que você entenda como eles surgem e, a partir disso, cortar o mal pela raiz.

Problemas causados pela falta de prevenção

 

Como discutido até o momento e bastante enfatizado, a falta de cuidado, manutenção preventiva e distração são os maiores causadores de adversidades quando pensamos no encanamento em si e é sobre isso que falaremos neste tópico.

01 – Entupimentos e obstruções 

 

Pode-se dizer que este é o maior problema causado em pias e ralos de qualquer residência. Com o dia a dia dinâmico e bastante corrido, é normal que restos de comida e gordura acabem sendo enviados encanamento adentro.

 

Toda essa junção de restos de comida acaba criando crostas de sujeira que corroem o cano e começam a impedir que o fluxo de água passe de forma natural e direta. Se pode acontecer até mesmo com um hidrojateamento de alta pressão, imagine em um cano mais simples.

 

Tais hábitos se refletem também no banheiro ao jogar alguns objetos como papel higiênico no vaso, entre outros possíveis, e ter muito cabelo sendo enviado pelo ralo do chuveiro. Tome cuidado com essas atitudes e evite dores de cabeça no futuro.

02 – Não substituir o encanamento antigo

 

Embora existam alguns tubos e canos em específico que ajudam bastante neste quesito de corrosão e obstrução do encanamento, é necessário se atentar e trocar depois de um certo período de uso, para que assim evite possíveis problemas. 

 

É muito comum também contratar uma empresa de trabalho temporário que ajude na manutenção do encanamento. Dessa forma, embora você acabe gastando um pouco mais de dinheiro, a maior parte do trabalho e responsabilidade fica por conta dela.

 

É importante lembrar também que não é só o uso constante que pode acabar diminuindo a vida útil do sistema hidráulico em sua casa. Alguns descuidos e acidentes podem também acontecer e forçar a troca, mesmo que o estado dos canos esteja bom.

03 – Possíveis danos por reformas

 

Qualquer construção está suscetível a problemas no encanamento após reformas, seja uma residência ou uma empresa de controle de acesso, principalmente por erros que podem acontecer durante o processo.

 

O objetivo da reforma provavelmente é deixar o ambiente mais bonito e melhor, porém, uma reforma mal feita pode acabar prejudicando todo o processo quando os restos de construção não são descartados da forma adequada e acabam caindo no encanamento.

 

Além da possível quebra de algum elemento da sua rede hidráulica, vazamentos de água podem ocorrer, além de obstrução da rede de esgoto e outras tantas possibilidades. Fique atento quando isso acontecer.

 

Uma dica para evitar esse tipo de ocorrência é sempre posicionar entulhos, tijolos, massas, sacos de cimento, entre outros materiais, o mais longe possível do encanamento. Sempre deixe-os em um lugar coberto para que a chuva não acabe levando parte ou resquícios do material para o esgoto.

 

Tome cuidado também com as tintas que, ao entrarem em contato com o cano, podem não ser levadas pela água por causa de sua densidade e acabarem secando. Dessa forma, o cano será obstruído e será mais um problema que você terá de lidar.

Dicas para evitar problemas com o seu encanamento

 

Assim como uma empresa de monitoramento deve estar sempre atenta aos seus sistemas de segurança, você deve estar sempre atento com os possíveis problemas que sua residência pode apresentar, no caso de hoje, o foco é o encanamento.

 

Boas práticas são necessárias para que o ambiente residencial esteja em harmonia, coisa que você não conseguirá se o sistema hidráulico estiver com problemas. Portanto, vamos a algumas dicas que podem te ajudar a evitar tais frustrações.

Fique atento com as pias

 

As pias podem ser as primeiras a darem os sinais de que o seu sistema hidráulico, ou pelo menos os canos, precisam ser trocados ou limpos. Uma pia onde se usa um desentupidor manual diversas vezes, em um curto espaço de tempo, precisa ser trocada, por exemplo.

 

Outro elemento que pode também indicar que a pia ou ralo precisam de troca é o constante mau cheiro que pode exalar de dentro do encanamento, dando a entender de que algo ali está acumulado e está apodrecendo.

 

Por isso que o cuidado com gorduras e restos de alimentos que, muitas vezes, se vão pelo tubo da pia é tão importante. Lembre-se que o uso descuidado ou indevido dela pode resultar em trocas frequentes, afetando assim o seu orçamento.

O barato muitas vezes sai caro

 

Logicamente é necessário tomar ações e medidas preventivas para que o seu encanamento não estrague antes da hora, porém, de nada adianta caso você decida economizar com a qualidade do novo produto que será instalado.

 

Existe um ditado popular que diz “O barato sai caro” e quando pensamos em qualidade, ele se torna muito verdadeiro. Às vezes buscando economizar, compramos produtos de qualidade questionável e que, provavelmente, terão de ser trocados em pouco tempo.

 

É melhor gastar um pouco mais com um equipamento melhor do que gastar várias vezes com um equipamento ruim, isso sem contar na mão de obra que será empregada, afinal, se for instalado errado e o encanamento quebrar, terá de comprar novamente.

 

Portanto, pesquise bastante antes de adquirir o produto e tenha certeza de sua qualidade para que, junto com outras medidas preventivas e as ações pessoais para preservar a encanação, todo o esforço em conjunto valha a pena.

Conclusão

 

Agora que você já sabe diversas formas de se prevenir dos problemas na encanação da sua residência ou qualquer outro local onde você consiga gerenciar a estrutura, fica por sua conta aplicar a prevenção e ideias para melhorar as ações do lugar.

 

Lembre-se que o mais difícil é dar o primeiro passo, mas com alguns dias praticando, isso será bastante comum, além de te ajudar em diversos aspectos. E então, já decidiu quando trocará o seu encanamento?

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *